A baleia mais solitária do mundo e a sua ligação com o BTS

Emotiva e certeira “Whalien 52” traz uma metáfora com a história de uma baleia, a Baleia dos 52 Hertz

Compartilhe:

Que o grupo sul-coreano BTS é um fenômeno não é surpresa para ninguém, e um dos aspectos mais significativos de suas músicas são as letras com o uso de metáforas.

Em Novembro de 2015, o grupo formado por RM, Jin, Suga, j-hope, Jimin, V e Jungkook, lançou seu quarto EP intitulado “The Most Beautiful Moment in Life, Pt.2”. O álbum formado por 9 faixas é o segundo da série de duas partes do grupo que fala sobre “Juventude”. Porém, uma faixa em especial traz uma história interessante em sua letra, nomeada “Whalien 52” – a música traz uma metáfora com a história de uma baleia, a Baleia dos 52 Hertz.

Suga, Jin, V, Jungkook, RM, Jimin e j-hope / BigHit

“A criatura mais solitária do mundo

Você quer saber minha história?

Eu nunca disse isso a ninguém

Vamos lá”

Whalien 52 – BTS

52 Hertz

As baleias são conhecidas por sempre estarem em grupos e para se manterem unidas elas emitem sons, o meio de comunicação delas. Bem como, é através do som a principal forma de se encontrar um (a) parceiro (a).

Sendo um dos grandes mistérios do reino animal, um som no oceano pacifico foi qualificado como sendo de uma baleia. Conhecida como a ‘A baleia mais solitária do mundo’, descoberta em 1989, após seu canto ter sido identificado por cientistas do Instituto Oceanográfico de Woods Hole, nos Estados Unidos.

A Baleia 52 Hertz, recebeu esse nome, pois 52 Hz (unidade usada para medir a frequência de ondas e vibrações) é o som emitido por ela. Nessa frequência que se encontra a causa de tanta solidão. O chamado das baleias costumam ter entre 10 e 39 Hertz (Hz), conclui-se que 52 está bem acima.

O animal não conseguia se comunicar com as demais espécies de baleias, já que seu canto é irreconhecível para as outras. Dessa forma, compreende-se que ela seguiu vagando pelo oceano sozinha, sem ser compreendida por qualquer outra.

Ouça o som da baleia 52 Hz:

Seu canto foi ouvido até o ano de 2004, foi a última vez que seu som foi capturado por um hidrofone (um instrumento elétrico que capta vibrações sonoras transmitidas através da água ou outros líquidos, permitindo a escuta de sons em ambientes aquáticos). Não se sabe ao certo se a baleia é macho ou fêmea, de que espécie é ou mesmo se ainda vive.

Na história da 52 Hertz não existem certezas, mas hipóteses. A princípio, uma delas é que ela tenha nascido com alguma deficiência nos órgãos que emitem som. Outra hipótese é que ela foi Híbrido, ou seja, resultado de um cruzamento de uma baleia normal com uma baleia azul e por motivos genéticos recebeu esse canto singular. Cientistas também cogitam a hipótese dela ser surda, o que não justificaria a alteração na sua frequência do canto, mas justifica a falta de companhia.

A “Whalien 52” do BTS.

“No meio deste vasto oceano,

Uma baleia fala em voz baixa, calma e solitária

Que nunca pode chegar a outra pessoa, não importa o quão forte grite,

Sente-se tão sozinho que fecha a boca “

A palavra Whalien é a junção de whale (baleia) e alien, a definição do ser solitário e deslocado dos outros. A canção carrega uma sensibilidade em passar a experiência da fase solitária, quando não importa o quanto você fale, ninguém ouvirá. Usando a metáfora sobre ser a baleia mais solitária do mundo que canta na frequência diferente dos demais para ser ouvida, coincidentemente também um alienígena.

“Está tudo bem, seja o que for. Agora eu não me importo

Quando esse cara chamado solidão fica ao meu lado sozinho,

Fico completamente sozinho e tranco um cadeado na solidão

Alguns dizem: “Esse garoto se tornou quase uma celebridade”

Foda-se isso, sim tanto faz

(…)

Até a minha solidão é um fingimento aos seus olhos”

Aqui é onde a metáfora da 52 Hz, cruza com a história do grupo. O rap expressado por Suga o coloca como o ser solitário, ele falando sobre a sua solidão, como humano e como artista. Estão rodeados de pessoas, mas ao mesmo tempo se sentem sozinhos.

“(…) mesmo se eu for sufocado,

Eu vou em direção acima da superfície da água”

Whalien sobretudo é sobre ser forte e lutar pelo o que acredita. O BTS se torna um grupo singular quando suas letras são analisadas, eles sabem o fardo que carregam. Ainda assim, entendem como a música também é um instrumento de ajuda para os problemas. Como resultado, de forma emotiva e certeira eles compartilham esse suporte com Whalien 52.

“(…) Eu vou em direção ao meu futuro

Eu acredito no mar azul e no meu hertz”

Nas últimas linhas de Rap feita por RM, ele faz uma metáfora usando o oceano desconhecido, como coisas que ele não conhece, não entende. Sobre o sentimento da solidão, pois nela que se encontra a força para a solitude.  

(…) Mamãe disse que o oceano é azul

Ela me disse para levantar a voz com todas as minhas forças para ir mais longe

Mas o que devo fazer? Este lugar está muito escuro

E cheio de outras baleias que falam outras línguas

(…) Eu sou um whalien”

Por fim, Whalien 52 é uma canção sobre a insegurança do incerto, sobre se aventurar e não saber onde fica o norte. Sobre a dúvida se um dia será compreendido, mas sustentando a esperança, pois assim como Hertz 52, ela continua a nadar.

Confira a tradução completa da música Whalien 52
Whalien 52 Legendado

O BTS ainda usou a representação da baleia em seu clipe ‘We are Bulletproof : the Eternal’, um recado para os Armys que eles não estão mais sozinhos.


Compartilhe: