Grammy 2021: Beyoncé quebra recorde e a noite é marcada pelo protagonismo feminino

A 63° edição do Grammy aconteceu na noite de ontem, 14, e a noite foi marcada pelas mulheres levando os prêmios das principais categorias

Compartilhe:

Vencendo a categoria “Melhor Performance R&B” com ‘Black Parade’, Beyoncé se tornou a mulher com mais Grammys da história, 28 ao total. A cantora Taylor Swift também fez história na noite de ontem, se tornando a única artista feminina a ganhar três vezes o prêmio de “Melhor Álbum do Ano” com “Folklore”. 

  • Grammy 2021
  • Grammy 2021
  • Grammy 2021
  • Grammy 2021
  • Grammy 2021
  • Grammy 2021
  • Grammy 2021

Megan Thee Stallion se tornou a primeira mulher a ganhar o prêmio de “Melhor música de Rap”, e também levou as categorias “Artista Revelação” e “Melhor performance de Rap”, pelo hit de estreia Savage (Remix), em colaboração com Beyoncé.

A cerimônia, que teve como anfitrião o comediante Trevor Noah, também premiou Billie Eilish nas categorias “Melhor canção composta para mídia visual” com “No Time To Die” e “Canção do ano” pela música “Everything I Wanted”. Estreante na premiação, Fiona Apple venceu as categorias “Melhor Álbum de Música Alternativa”, com ‘Fetch the Bolt Cutters” e “Performance de Rock” com “Shameika”. 

Mesmo sem presença no evento, Lady Gaga e Ariana Grande venceram na categoria “Melhor Performance Pop Duo/Grupo”, com ‘Rain on Me’. 

Na categoria “Melhor canção de Rock” Britanny Howard venceu com “Stay High”. Já “Canção do ano” quem levou foi a cantora H.E.R com a emocionante “I Can’t Breathe”. 

Dua Lipa levou “Melhor álbum pop”, com o sucesso ‘Future Nostalgia’. 


Compartilhe: